Qual o material ideal para desenhar mangá

Escrito por
Eric Santana

Qual o material ideal para desenhar mangá

Escrito por
Eric Santana

Uma das principais dúvidas de quem está começando a desenhar mangá é: qual o material ideal para desenhar mangá? De fato, os mangakás utilizam vários materiais que vão desde os papéis até tipos de lápis diferentes para efeitos diferentes.

Neste artigo explicaremos qual é o material ideal para desenhar mangá e tentaremos listar para você, iniciante, esses materiais e onde eles podem ser comprados.

Papel: o essencial

Antes de tudo, para desenhar mangá é necessário ter um bom papel e, dependendo das suas necessidades, um tamanho específico. Geralmente, os iniciantes utilizam as folhas A4. Essas folhas são padrões e servem para rascunhos iniciais e criações preliminares.

Todavia, se você estiver mais avançado e quer um material mais profissional e de maior qualidade, onde seu trabalho será posto na sua versão final, opte por outros tipos de papéis os quais comentaremos as seguir. Os papéis precisam ser classificados em papéis para esboço e papéis para trabalhos finais.

Papéis de esboço

Para o esboço dos seus mangás, o mais recomendado é utilizar as folhas A4 padrão ou, se quiser algo mais sofisticado, folhas de papel vegetal. O papel vegetal é liso e fino, o que facilita que os desenhos sejam apagados. Ou seja, com esse tipo de papel, os desenhos podem ser livremente postos no papel.

Papéis de arte final

As artes finais precisam ser colocadas em um papel grosso que, dada sua composição, é marcado facilmente pelo lápis. Em virtude de sua capacidade de ser facilmente marcado, o papel de layout costuma ser o ideal para desenhos coloridos. Contudo, é possível utilizar folhas A4, A3 e até mesmo A5, dependendo de como você quer que sua arte final fique.

De modo geral, é dessa maneira que os papéis devem ser escolhidos. Entretanto, os lápis são ainda mais específicos no que tange o seu uso. Em seguida, falaremos sobre os diferentes tipos de lápis e como eles devem ser usados para desenhar mangá.

Lápis: diferentes modelos

Os lápis ideais para desenhar mangás podem variar bastante. Alguns lápis servem para fazer efeitos específicos e outros para contornos, por exemplo. É importante distinguirmos os tipos de lápis, que se categorizam em H e B, variando de 6H até 6B. Explicaremos a diferença desses dois tipos de lápis, pois é necessário compreender onde e quando eles devem ser utilizados em suas criações.

Lápis H e lápis B

A grande diferença entre as categorias H e B é que o primeiro tipo é mais duro e o segundo é mais macio. Ou seja, o mais recomendado para esboços são os lápis HB e 2B. A linha H de lápis serve mais para colocar a arte final em um papel de boa qualidade.

Portanto, o uso dos lápis depende muito do que você pretende fazer. Recomendamos também o uso de lapiseiras. É possível trabalhar com elas e uma das vantagens de utilizá-las é não precisar de um apontador. Tudo que você precisará é comprar o grafite nas papelarias.

Material ideal para artes finais

Inegavelmente, os mangás, em sua arte final, não são feitos com lápis. Na verdade, seus esboços são realizados com lápis e então esses esboços são contornados com canetas. As canetas Nanquim, assim conhecidas, são especiais para contornar desenhos e dar a eles boas formas. Nesse sentido, elas são essenciais para a arte final do seu mangá.

Caso você ainda opte por um mangá colorido, as canetas marcadoras devem ser escolhidas corretamente. É possível também colorir com tinta guache. Desse modo, os mangás podem ser pintados de várias maneiras. Tudo depende, sem dúvida alguma, do objetivo  do artista.

Em suma, o material ideal para desenhar mangá se resume a um bom lápis, uma folha de qualidade e uma caneta para produzir a arte final. E somando a tudo isso, é claro, uma boa criatividade!